Troca de braçadeiras (capitães)

Houve uma situação recente em que o capitão de uma equipa passou a braçadeira a um colega, tendo ambos ficado em campo.

A dúvida era saber se isso era permitido ou não. Então é assim:

– A lei 3 (Os Jogadores) é omissa nessa matéria.

Refere apenas (no ponto 10) que ele não goza de estatuto especial mas que tem um certo grau de responsabilidade no comportamento da sua equipa.

Apesar de ser rara (embora já ocorra com frequência noutras Ligas, como a espanhola), esta situação é permitida.

Pressupõe apenas que o árbitro tenha conhecimento prévio dessa troca.

A equipa tem sempre que ter um capitão identificado com braçadeira (inclusivamente, por escrito, na ficha inicial de jogo) mas esse é apenas aquele que começa a partida nessa condição.

Esclarecimento feito.

Imagem: The Courier Mail

Escreva a(s) palavra(s) que pretende pesquisar e pressione "enter"

X