Um jogo sem gente é como um Natal sem presentes

Um jogo sem gente é como um Natal sem presentes. Mas é preciso diferenciar os adeptos: há bons, há maus e há doentes. SERGIO PEREZ Os adeptos. Os adeptos são

Partilhar
Até quando temos de levar com isto?

Estamos a entrar em 2020 e a lengalenga é exatamente igual à de 1980: até quando temos de levar com isto? MÁRIO CRUZ Não sei se por masoquismo ou se

Partilhar
O VAR e a fase de ataque

Não é um assunto novo, mas reaparece na agenda mediática quando surgem lances ou momentos de jogo que eternizam a dúvida, originam suspeitas ou são, vá se lá saber, empolados

Partilhar
Doumbia e Lourency

Vamos falar do lance que envolveu Doumbia e Lourency, na reta final da partida entre Gil Vicente/Sporting. Como recordarão os mais atentos, o médio costa-marfinense – colocado no interior da

Partilhar
Caro adepto, se quer criticar, critique…

Caro adepto, se quer criticar, critique com conhecimento de causa: aqui estão seis regras, novas e velhas, para rever BEN STANSALL Os campeonatos profissionais pararam algumas semanas. Quando isso acontece

Partilhar
NOTAS SOLTAS

– Nos últimos dias, o Brasil obrigou Portugal a parar. Ninguém negará que terão sido poucos aqueles que, por cá, não vibraram com o duplo sucesso do Mengão. Comparo este

Partilhar
Ainda se lembra do que mudou esta época?

Porque queremos que esteja atualizado relativamente às recentes alterações às leis de jogo, deixamos súmula das que entendemos serem as mais substanciais. – – SUBSTITUIÇÕES O substituído tem que abandonar

Partilhar
Palavrão é insulto?

O tema que vos trago hoje resulta de vários comentários que recebo sobre a alegada permissividade das equipas de arbitragem quanto a “palavrões” que jogadores e técnicos dizem durante os

Partilhar
Há dias assim…

Há dias assim, em que os penáltis nos jogos dos grandes não são a coisa mais importante do universo. COLIN MCPHERSON Spoiler: o espírito natalício apoderou-se deste infame cronista. O

Partilhar
QUEM ESTÁ, AFINAL, ERRADO?

Além de ter o prazer de colaborar neste jornal, sou também comentador de arbitragem num canal de televisão. O formato em que participo – o programa O Dia Seguinte – promove

Partilhar