ASSISTÊNCIA EM CAMPO

A regra diz que os jogadores que precisem de assistência médica, não podem ser assistidos dentro do terreno de jogo.

No entanto, há várias exceções.

Veja quais são então as situações em que um lesionado pode receber cuidados médicos dentro das quatro linhas:

⁃ Quando se trata de um dos guarda-redes;

⁃ Quando GR e jogador de campo chocam e precisam de cuidados médicos (o primeiro nunca sai e o segundo também não, desde que recupere antes ou ao mesmo tempo do que aquele);

⁃ Quando dois jogadores da mesma equipa chocam e ambos precisem de assistência (podem receber tratamento em campo para que a sua equipa não fique, momentaneamente, com menos dois jogadores);

⁃ Quando um jogador se lesiona com gravidade (perna partida, comoção cerebral, etc);

⁃ Quando um jogador sofre falta que resulte em cartão amarelo/vermelho para o adversário (desde que o seu tratamento seja rápido: 20/30 segundos, no máximo).

Em todos os outros casos, a lesão pode ser “inspecionada” no terreno (para avaliar) mas nunca tratada.

 

Foto: The Gardian

Escreva a(s) palavra(s) que pretende pesquisar e pressione "enter"

X