ROAD DO RÚSSIA 2018

Há muito que os árbitros pré-selecionados para o Mundial da Rússia iniciaram o seu processo de preparação.

Vários juízes de campo, de diferentes países e confederações, têm sido chamados a seminários onde, em conjunto, vão afinando estratégias e ultimando pormenores relativamente à sua presença na Rússia.

As sessões de trabalho têm tido forte componente física, muito trabalho prático (simulação de casos de jogo), várias sessões teóricas, análise exaustiva de vídeos e muito treino na função de Videoárbitro, este ano em estreia absoluta.

Há novos procedimentos para assimilar e é importante procurar falar “a uma só voz”, sobretudo quando o universo dos juízes designados é tão diversificado.

Há várias culturas, várias formas de ver e pensar a arbitragem, resultante de campeonatos totalmente distintos, de competições diferentes.

O grau de exigência a que estes árbitros estão habituados difere de país para país, de Liga para Liga.

É fundamental que todos – todos sem exceção – entendam e apliquem a mesma mensagem, a partir do arranque do próximo Mundial.

Em tempos a FIFA divulgou um vídeo que hoje partilhamos. Para que se tenha uma ideia do trabalho de bastidores que é feito em torno de cada competição.

Vale a pena espreitar.

Escreva a(s) palavra(s) que pretende pesquisar e pressione "enter"

X