AMARELO OU VERMELHO?

Ação disciplinar.

O vídeo que segue (ver abaixo) mostra um lance que seria passível de ser punido ou com pontapé livre direto ou com pontapé de penálti (depende da nossa perceção de onde foi feita a infração).

No entanto, quero focar este meu esclarecimento não na questão técnica mas na sanção disciplinar.

Se a falta fosse cometida fora da área, a decisão seria clara: cartão vermelho para o infrator, porque o jogador adversário ia isolado e com clara possibilidade de marcar.

Se a infração fosse dentro da área (portanto já seria passível de pontapé de penálti), a questão seria saber se – com o fim da chamada “tripla penalização” – o defesa seria expulso na mesma ou se só veria o cartão amarelo.

Opinião/Esclarecimento.

Partindo do princípio que o lance era mesmo para penálti (e pela imagem, penso que não era), o defesa teria que ser expulso na mesma.

O que a lei agora diz é que ele só não seria expulso se, ao fazer penálti num lance de golo iminente, tentasse jogar ou disputar a bola.

Como neste caso ele agarrou/puxou ostensivamente o avançado (portanto, não tentou jogar ou disputar a bola com o seu adversário mas apenas impedi-lo de o fazer), o vermelho direto mantinha-se.

Veredito: fora ou dentro da área, o defesa seria sempre expulso.

A decisão disciplinar do árbitro foi incorreta.

Escreva a(s) palavra(s) que pretende pesquisar e pressione "enter"

X